AlôArtista Google
 
MY ACCOUNT
REGISTER NOW!

Denis Mandarino, artista plástico, compositor, escritor...
"A grande ´mancada´ no Brasil é a falta do incentivo correto à educação e à cultura" Share in Facebook Share in Orkut Share in MySpace Share in LinkedIn Share in Digg Share in Delicious

Denis Mandarino, também é Professor de Design das Faculdades Rio Branco e da Universidade Cruzeiro do Sul.

AlôArtista - Qual foi o ´click´ que despertou a sua arte?
Denis Mandarino - Sempre tive vontade de transmitir uma mensagem positiva e a arte pode ser um meio sutil e elegante de comunicarmos algo àqueles que nos são próximos, como aos que ainda não conhecemos pessoalmente. A arte desperta no artista a vontade de se expressar, de se autoconhecer e às vezes mostra um caminho a seguir. Quando digo que o artista quer se expressar, ele quer fazê-lo a alguém, desse modo, sem a presença do "outro" (o público), o ciclo não se completa.

AA - Qual o fato ou pessoa que teve mais influência na sua atividade?
DM - Impossível falar de uma só influência, os que me conhecem, costumam me rotular como um artista multimídia. Interesso-me pela arte de forma plural. Falta-me tempo para fazer tudo o que desejo nessa área. O que mais me motiva é querer fazer hoje algo melhor, ou pelo menos diferente, do que fiz ontem.

AA - O que você gostaria de ver divulgado, do seu trabalho, nesta entrevista?
DM - Talvez o Versatilismo (que é um movimento artístico e cultural, que se baseia no Manifesto Versatilista, o qual escrevi em 2007) um convite à educação e ao autoconhecimento através da arte, sem fins comerciais. Até o momento (agosto de 2012) tenho notado que o Manifesto tem provocado mais reflexões no estrangeiro do que em meu próprio país, o que de certa forma me deixa surpreso (tal fato só pode ser explicado pelo fenômeno da internet).

AA - Qual é a principal ´mancada´ no Brasil, em se tratando de incentivo ao artista?
DM - A grande ´mancada´ no Brasil é a falta do incentivo correto à educação e à cultura. Enquanto estiverem em segundo plano, não acredito que os esforços artísticos e de inovação chamarão a atenção de um público maior no Brasil. O consumo desenfreado está tirando o foco da arte e alterando aquilo que entendíamos como cultura.

Trilogia-Versatilista

AA - É difícil ser artista neste país?

DM - Muito difícil. O jabá, a indicação e o jogo de interesses ainda predominam. Realmente é difícil ser artista neste país, mas não é difícil ter a arte em nossa vida. Uma das proposições do Manifesto Versatilista é a ruptura da prática artística com a mercantilização da arte. Se não for possível viver de arte, que o artista, pelo menos, viva com ela em harmonia.

AA - O que poderia ajudar?
DM - Honestidade e transparência por parte dos governantes. Não vejo uma mudança possível a curto prazo, pois a mudança necessária vem do interior das pessoas. O problema está na base ético-moral.

AA - Conte um pouco sobre carreira e onde deseja chegar.

DM - Sou formado em música clássica, aos 18 e 19 anos estive entre os vencedores do Concurso Nacional de Violão Clássico ´Isaías Sávio´. Estudei Arte na Belas Artes de São Paulo. Durante esse período conheci o maestro e compositor Hans-Joachim Koellreutter (1915-2005) de quem me tornei discípulo em Estética e regência coral.

Nos estudos de pós-graduação, no Mackenzie, elaborei a Teoria da Percepção Quadridimensional. Nessa época, participei de diversos concursos e exposições de pintura, toquei profissionalmente na noite Paulistana, o que me levou, em 2007, a redigir o Manifesto Versatilista, o qual foi publicado em janeiro do ano seguinte (para lê-lo, baixe aqui o PDF do ´Manifesto´).
De julho de 2007 a janeiro de 2009 publiquei, pela Editora Plêiade, a primeira trilogia de contos com os títulos: A Busca de Cada Um (julho de 2007), Encontro com o Destino (agosto de 2008) e Além do Quarto Elemento (janeiro de 2009). Em janeiro de 2010 publiquei o romance ´O MESSIAS´.

Denis-Mandarino-autorretrato

Em virtude da carreira docente, produzi livros técnicos e didáticos sobre: CAD, Modelagem Digital em Rhino e 3DMAX, Comunicação e Arte, Desenho Geométrico, Desenho Técnico e Geometria Descritiva - que podem ser consultados na seção "Publicações" do meu site.

Profissionalmente divido o meu tempo entre a produção artística e a carreira de professor universitário. Atualmente leciono na Rio Branco e na Unicsul as seguintes disciplinas: Modelagem 3D, Processos Criativos, História da Arte, Edição de Vídeo entre outras.

O maestro Hugo Bellard fez o seguinte comentário sobre as minhas poesias e composições musicais: ´´O autor Denis Mandarino, de São Paulo, compõe em diversos gêneros, como o blues, country, pop, romântico, rock e instrumental. Ele produz os seus CDs em seu próprio estúdio. Com letras bem cuidadas, Denis procura fugir do lugar comum em suas poesias, dando um toque a mais de qualidade e arte no trabalho.´´

Atualmente sei onde estou, mas não tenho a menor ideia de onde irei chegar. Se chegar às pessoas estarei satisfeito.

AA -  Como um site como o AlôArtista pode contribuir para ´os artistas´, na sua opinião?
DM - Ele pode fazer com que o grande público tenha acesso às ideias e intenções dos artistas de forma direta e objetiva. Além disso pode ser uma porta aberta à divulgação do nosso trabalho, possibilitando conexões entre artistas afins.  

Textos e sites para consulta:

a) Manifesto Versatilista

b) Dicionário Cravo Albin

c) Enciclopédia Músicos do Brasil

d) Site pessoal

e) Wikipédia

-----------------

Perfil AlôArtista


Entrevista realizada por Elisabete Almeida,
Editora do AlôArtista
bettyboop@aloartista.com


******************************************

www.aloartista.com
"O melhor ponto de encontro de artistas na Internet"







Comments
You must be logged in to access submit a comment:
 E-mail:    Password:     [I forgot my password] 







Siga-nos:  
AlôArtista.com no Twitter AlôArtista.com no Facebook AlôArtista.com no Orkut AlôArtista.com no MySpace AlôArtista.com no LinkedIn
About Us |  Contact Us |  Terms of Use |  Abusive Content |  Aknowledgements |  Português |  Español AlôArtista.com - © Copyright 2010 - 2014
All Rights Reserved
Designed by Tratto / Elemento Digital